O aproveitamento da água de chuva

Como funciona o aproveitamento da água da chuva e como ele pode trazer benefícios que vão além do ambiental.

O aproveitamento da água de chuva, realizado desde o tempo dos romanos, ainda inspira as práticas modernas. Isso porque a ideia por trás do processo é simples e fácil de ser compreendida: Em suma, a água da chuva é coletada quando escoa pelo telhado (ou outra superfície), armazenada em cisternas e distribuída posteriormente para um ponto de utilização.

A concepção desse sistema pode englobar um tratamento que vai desde um simples gradeamento das calhas, para evitar a presença de folhas e sólidos maiores, até uma filtragem e desinfecção da água, podendo ainda ser purificada a fim de torná-la potável. Os dispositivos de tratamento são relativamente simples e já existem soluções prontas no mercado.

Vamos conhecer mais sobre esse sistema?

Onde a água da chuva pode ser utilizada

Em residências, as primeiras recomendações para utilização da água de chuva se referem à rega de jardim, descarga de vaso sanitário, limpeza de pisos, lavação de roupas, carros, etc. Com um tratamento mais intenso da água, ela pode ser usada para fins mais nobres como tomar banho, lavar as mãos, cozinhar e até beber! Informações sobre a potabilização da água podem ser obtidas junto à Portaria 2.914/2011 do Ministério da Saúde.

Em indústrias, a água de chuva pode ter aplicações mais específicas. Além de ser usada para limpeza de áreas externas e descarga de vasos sanitários por exemplo, ela pode ser empregada na lavação de equipamentos, em sistemas de resfriamento (chiller), para reserva técnica de incêndio, entre outras possibilidades. E assim como no residencial, dependendo do uso, deve se atentar para a complexidade de tratamento necessário da água.

Recomenda-se sempre conversar com um profissional habilitado para poder ajudar nessa solução e maximizar os benefícios do aproveitamento!

Por que eu devo aproveitar a chuva

Á água da chuva como fonte alternativa pode trazer benefícios em diferentes vertentes da sustentabilidade:

Devido aos seus múltiplos benefícios, o aproveitamento da chuva é incentivado em diversas cidades pelo mundo, principalmente nos Estados Unidos, na Alemanha e na Austrália. O Brasil está dando seus primeiros passos nesse sentido, com a regulamentação do aproveitamento da água de chuva pela NBR 15.527/2007, e com legislações de incentivo à adoção do sistema, como é o caso do IPTU Verde, também chamado de  IPTU Sustentável, em Florianópolis/SC, Camboriú/SC, Salvador/BA, Goiânia/GO. Mais especificamente, diversas cidades brasileiras já preveem em sua legislação ações no sentido do aproveitamento da água de chuva e iniciativas de conservação e uso racional da água. O mapa a seguir apresenta destacados alguns destes locais:

Ficou interessado?

Para te auxiliar a quantificar os benefícios que podem ser obtidos na sua edificação, a RainMap disponibiliza uma plataforma de simulação bem amigável que pode ajudar a avaliar essa questão!

Share

Cofundadora e diretora executiva da RainMap Sistemas Sustentáveis. Administradora de Empresas pela Universidade do Estado de Santa Catarina. Engenheira Civil e Mestra em Engenharia Civil com ênfase em Sistemas de Informação Geográfica e Mapeamento Geotécnico pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *